Autor: Luciano Queiroz

Teia, crise ou a culpa é nossa?

Nos últimos dias, após uma pergunta capciosa da Mariana Fioravanti (Polimerase de Mesa) sobre como se motivar ou ter ideias para escrever em seu blog sobre ciência, começou uma discussão entre vários blogueiros de ciência sobre a queda na produção de textos e surgimento de novos blogs. Destaco o Carlos Hotta, Roberto Takata e Rubens Pazza que escreveram em seus respectivos blogs sobre o assunto e levantaram diferentes pontos de vista. Eu como um dos blogueiros/podcaster da nova geração resolvi entrar na discussão com os dois pés ao mesmo tempo. Resumindo muito a discussão, vou usar duas perguntas que o Carlos Hotta escreveu em seu blog (link do blog no final da postagem): (1) Por...

Leia mais

Dragões de Garagem #16 Zumbilogia!

Luciano Queiroz, Lucas Camargos, Cristiano Silvério, Marcos Queiroz e Atila Iamarino batem um papo miolo mole sobre algo que está na moda: Zumbis! Saiba como começaram as histórias de zumbis. Compreenda a diferença entre um morto-vivo e um doente. Entenda as dificuldades que um zumbi passaria no Brasil e na Rússia. Faça uma análise nutricional da dieta zumbi. Aprecie uma boa carniça. E saiba que Pathos pode significar muita coisa.

Leia mais

Dragões de Garagem #15 Domínios da Vida

Luciano Queiroz, Lucas Camargos, Cristiano Silvério, Felipe Benites e Atila Iamarino discutem a origem e as implicações de um assunto que dominam: os domínios da vida. Biólogo sabe o que é vida? Vida é igual pornografia? Carl Woese parece uma tia velha? Bactérias se reproduzem por esquema de pirâmide? Os mimivírus são cheios de mimimi? Isso a globo mostra? E o Morgan Freeman seria uma boa adição ao Dragões de Garagem?

Leia mais

Dragões de Garagem #14 Leis de Newton: sobre movimento e cabaços

Luciano Queiroz, Lucas Camargos, Cristiano Silvério e Rafael Calsaverini tentam explicar de maneira dinâmica as leis do movimento de Isaac Newton. Lembre-se dos filósofos que já discutiam sobre movimento anteriormente. Pense no motorista do busão do Rio de Janeiro. Jogue sinuca com um menino criado com vó. Não peça ajuda ao Flash. E faça a pergunta: o que você faria pela humanidade se fosse celibatário?

Leia mais